Assinatura RSS

Arquivo da categoria: variados

Sem conteúdo temático.

Trenas temáticas

Publicado em

Uh-la-lá!! Quem diria que a nossa boa e velha conhecida trena apareceria de cara nova, ou melhor, repaginada! Rs.

Pesquisando umas coias na web, sem querer me deparei com uns modelitos fashion, tem os engraçadinhos, também tem os de peruinha.

São do modelo pocket, de 1m a 1,5m,  daqueles que a gente carrega na bolsa, ou pendurado no chaveiro e leva pra todo lugar pra medir o que tiver pela frente, coisa de arquiteta, né. Bom, ou pra quem simpatizar, vai. 🙂

E eu quero uma!!

Onde comprar

Pode-se encontrar alguns modelos pra vender aqui, alguns outros são encontrados na Tok&Stok. Pesquisando, obtive a informação que também tem em uma loja no Shopping da Gávea, pra quem mora no Rio. E você encontra vários outros modelos bacaninhas no site da boutique de design Pylones. Esta loja é um achado, tem tanta coisa bacaninha que ainda farei um post sobre ela aqui.

fotos: juliana nina e reprodução

Movimento rosa

Publicado em

O ateliê apoia o Movimento Rosa que semeia a idéia de um mundo mais otimista, solidário e feminino, e que elegeu o mês de outubro para se manifestar juntamente com a campanha mundial de incentivo das mulheres ao cuidado pessoal contra o câncer de mama.

foto: juliana nina

A primavera chegou…

Publicado em

… e posto aqui imagens das orquídeas que fotografei no orquidário que visitei em Teresópolis no dia do meu aniversário, 25 de setembro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

fotos: juliana nina

Tecnologia pra lá de alta!

Publicado em

Projeto do trem bala na China. Uma inovação da nova locomotiva chinesa: descer do trem sem que ele precise parar!

Não há tempo a ser desperdiçado. O trem bala está se movendo o tempo todo. Se existem 30 estações entre Pequim e Guangzhou, parar e acelerar de novo em cada estação vai fazer perder energia e tempo. Uma parada de 5 minutos por estação (passageiros idosos são naturalmente mais lentos) resultará em uma perda total de 5 min x 30 estações, ou 2,5 horas de tempo de viagem do comboio.

Os chineses são inovadores o suficiente para chegar a um conceito de trem sem paradas. Os passageiros embarcam, na estação, em uma cabine conectora antes que o trem chegue. Quando o trem chega, ele não vai precisa parar. Ele apenas diminui a velocidade para pegar a cabine conectora que vai se acoplar ao teto do trem.

Depois dessa acoplagem, os passageiros deixam a cabine conectora e descem para o interior do trem. Após o embarque, a cabine será movida para a traseira do trem, para ser ocupada pelos passageiros que querem descer na próxima estação. Quando o trem chega na estação seguinte, ele deixará a cabine conectora na estação. Os passageiros assim desembarcam na estação sem a necessidade do trem parar. Ao mesmo tempo, o trem vai pegar os passageiros de uma outra cabine conectora, com novos passageiros.

Assim, o trem terá sempre uma cabine conectora na parte traseira do teto (para desembarque) e uma cabine conectora na parte dianteira do teto (para embarque) em cada estação.

Isso não é “pensar fora da caixa”? Veja o vídeo ilustrativo.

Simples né? hehehe

Enquanto sonhamos, nos nossos sonhos mais ingênuos,  um dia andarmos de Trem Bala no Brasil; esperamos o dia em que finalmente os VLT’s serão implantados – teoricamente prometidos para a Copa de 2014-; ou a ressurreição do famoso Trem de Aço Rio-São Paulo, os chineses já estão, simplesmente, pensando numa forma de fazer o trem bala não parar para ganhar mais tempo.

É, a alta tecnologia nos espera bem lá na frente.

vídeo: reprodução

Esquentando…

Publicado em

Eu quero uma casa no campo
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros
E nada mais

Casa no Campo
Elis Regina

Enquanto o site ainda está em fase de formulação, postei o trechinho de uma música que tem tudo a ver com o espírito deste espaço.

O início

Publicado em

Este é primeiro post deste blog, onde publicarei projetos de minha autoria assim como tudo que me interesse relacionado à arte. Até a próxima!